Novidades

Buri: “à imagem e semelhança”

Meu pai defendia que as instituições só existem, afinal, porque foram criadas por homens e mulheres com espirito público e só funcionam se forem por eles legitimadas e implementadas. Para ele, o interesse público precisa estar acima das divergências partidárias e pessoas, e ser considerado com transparência e honestidade.

Ao longo dessa caminhada, estou falando com muita gente boa, escutando, debatendo, compartilhando minhas ideias, sempre lembrando dos exemplos do meu pai.

Quando a luz ajuda, não é coincidência, é destino. Vejam só que belo flagrante da minha passagem por Buri, nesta sexta-feira, dia 21 de setembro.